Support TheOneRing.net - A not for profit fan community!
Join us in our forums!
LEGO Lord of the Rings Collection
Daggers of Tauriel

Ringer Reviews - The Hobbit: An Unexpected Journey


Letter of Name/Alias: A | B | C | D | E | F | G | H | I | J | K | L | M | N | O | P | Q | R | S | T | U | V | W | X | Y | Z

Ringer Review - NAME

Talia Estel

18, São Paulo
Brazil

Date Posted: 2012-12-17
Tolkien Fan Level: 8
Film Format Seen? 3D 48 fps
Will view again in a different format? Yes
 Rings!

Review in portuguese - O Hobbit: Uma Jornada Inesperada

Após um bom tempo de espera, finalmente temos a terra-média retratada mais uma vez na tela do cinema. A primeira parte da nova trilogia de Peter Jackson pode ser um pouco desapontadora para os fãs dos livros de Tolkien, uma vez que envolve muito mais do que o retratado no clássico livro O Hobbit, acrescentando ou modificando cenas para deixar um ar de uma aventura mas épica e parecida com O Senhor dos Anéis, o que por outro lado atraí e empolga o fã da trilogia anterior.

Dessa vez, Peter Jackson fez questão de explorar ao máximo o mundo tolkieniano, aproveitando cada cena para colocar mais informações e fatos sobre a história da terra-média, para situar o não-leitor de muitos dados presentes apenas em outras obras, e que ajudam profundamente para a compreensão do complexo mundo secundário. No entanto, ao fazer isso, Jackson se desapegou da inocência e simplicidade da obra, pouco ligada com a terra-média, incluindo diálogos e cenas mais elaboradas, além de inúmeras cenas de ação.

A escolha do elenco foi um dos pontos mais fortes: Martin Freeman se saiu extremamente bem no papel de Bilbo, fazendo um trabalho excelente na composição desse tão amado hobbit. Sir Ian McKellen, como sempre, interpretou seu Gandalf com louvor, não faltando também elogios a Sylvester McCoy e Richard Armitage como todos os outros anões.

Ao meu ver, na nova trilogia de O Hobbit não temos uma adaptação fiel do livro, assim como em O Senhor dos Anéis, o que nós temos é uma junção de várias obras que seguem uma história principal, baseada no livro O Hobbit. A narrativa do livro é fluída, o que não condiz com uma trilogia, e se poupa dos inúmeros detalhes e diálogos que o filme deu, mas a ideia de Jackson não foi de todo ruim, uma vez que essa pode ser a última vez que o legendarium apareça em um filme, o que justifica as mudanças e crescimento dessa clássica e divertida história que encantou gerações.

The Ratings
The Other Ratings
Martin Freeman 's performance as Bilbo Baggins?
Richard Armitage 's performance as Thorin?
The Overall representation of The Dwarves ?
Andy Serkis' performance as Gollum?
Ian McKellen's performance as Gandalf?
Bilbo's retelling of the history of Erebor and of Thror/Thrain/Thorin
The Eagles rescue sequence?
The Goblin King ?
Initial impression of Thranduil?
Hugo Weaving's performance as Elrond?
Radagast's portrayal in the movie?
The representation of Goblintown?
Cate Blanchett's performance as Galadriel?
The Bag End Supper scene?
The scene of the Trolls?
The representation of the Arkenstone?
The Stone Giants?
Escape from the Goblin cave?
Riddles in the Dark scene?
The return to Rivendell?
The attack on the party by the Wargs
The first glimpses of Smaug?
The ending of the movie; in regards to leading well into the next film, and serving as a good ending point.
The overall pace of the film
Peter Jackson's vision in bringing the Hobbit to the big screen.






Review HomeSubmit a Review